PSICOLOGIA CLÍNICA – COMO CONSTRUIR UMA CARREIRA DE SUCESSO

 

Como construir uma carreira de sucesso com a Psicologia

Todos nós psicólogos sonhamos em poder exercer nossa profissão com dignidade e competência e também receber uma remuneração justa por este trabalho. Mas os problemas começam pela própria natureza da nossa profissão, principalmente em relação à psicologia clínica, sobre a qual vamos falar aqui.

Como começar a clinicar?

Primeiramente temos que montar o nosso consultório ou sublocar uma sala para os atendimentos. A segunda etapa é fazer nossa divulgação profissional para que os possíveis clientes saibam da nossa existência.
Algumas pessoas têm uma infra estrutura para poder enfrentar esta longa espera por uma clientela, que poderá manter o seu consultório, e ainda remunerar o seu trabalho. Porém muitos desistem da profissão por não conseguirem enfrentar este período, enquanto a carreira não decola.
Porém, com algum investimento e práticas adequadas, este início de carreira pode ser mais fácil de se enfrentar.
Lembre-se: Persistência e foco são ingredientes  do sucesso em todas as áreas da vida!

Dicas práticas de quem acompanha o desenvolvimento profissional de milhares de psicólogos

Estamos aqui para dar algumas dicas extraídas da experiência de profissionais que já passaram por isto, e principalmente da equipe de psicólogos do Ciclo CEAP, que acompanham há muitos anos o desenvolvimento profissional de milhares de psicólogos no Brasil.
Antes de tudo, esteja certo da sua vocação e da sua vontade de atuar na psicologia clínica. Depois cuide de focar todas as suas forças e disponibilidade financeira para se qualificar em uma área específica da psicologia. Como a psicologia clínica é muito ampla, não focar faz com que você seja um psicólogo generalista, e por isto sem identidade profissional forte.
Pesquise o mercado e faça cursos. Você já pode atuar com o seu CRP em mãos, mas atuar com segurança e assertividade é algo que se conquista com o tempo e com a qualificação profissional. Um título pode ser bom, principalmente para quem quer seguir a carreira acadêmica, mas “saber fazer” é o que vai ser o principal diferencial.

Que tipo de cursos fazer?

Dê preferência para os cursos focados na prática e utilize seu tempo para estudar muito. Nos cursos, você poderá também ampliar a sua rede de contatos, muito importante para o seu desenvolvimento profissional. Lembre-se de marcar sua presença de forma positiva e pró-ativa entre os participantes. O psicólogo é frequentemente cliente de outro psicólogo, e muitas vezes ele é também solicitado para indicar um profissional para aquelas pessoas que ele não pode atender por proximidade familiar ou afetiva.
Então não fique fechado em seu consultório!
Saia do casulo!
Além de frequentar cursos, participe de eventos de psicologia.  Se puder apresente trabalhos e não perca a oportunidade de falar sobre algo que você conhece bem, em blogs, nas redes sociais e em palestras, se tiver oportunidade. Se for preciso invista em um curso de redação e oratória para fazer suas exposições com clareza e tenha seus cartões de visita sempre em mãos.

Como cuidar da sua imagem profissional?

Lembre-se,  você deve passar sempre a impressão de um profissional atualizado, com ferramentas eficientes e que poderá oferecer um trabalho de valor por um preço justo. Se usar fotos nos perfis das redes sociais, use imagens adequadas e evite expor sua intimidade de forma exagerada. Estes canais são cada vez mais consultados, e seus valores, sua seriedade e credibilidade podem ser avaliados por este instrumento.

Qual o valor adequado de uma consulta?

Tenha um valor de consulta compatível com a sua experiência, formação e tempo de atuação. Geralmente as pessoas estão dispostas a investir naquilo que trará um grande benefício para elas, mas valor de consulta muito alto limita a possibilidade de clientes. Aconselho um valor pré determinado e dentro da realidade, mas que possa ser adaptado às possibilidades de cada cliente. Quanto mais experiência melhor, e se você está no início da carreira, é tempo de plantar, cobrando um valor mais baixo de consulta para atender o maior número possível de pessoas. Com isto você vai adquirir experiência e depois colherá os resultados.

Atender pela Internet é uma opção a ser considerada?

Estamos certos que sim, e esta opção pode ampliar muito a possibilidade de ter clientes.  Estes clientes podem vir de qualquer parte do mundo porque não existe a barreira geográfica.
É importante ressaltar que o atendimento online deve ser de acordo com a resolução do CFP. que regulamenta esta prática no Brasil.
Muitas vezes o cliente começa a receber um atendimento online, e pode se sentir motivado para fazer uma psicoterapia presencial. Existem vários instrumentos que mediam a comunicação online de forma segura, muitos deles sem custo para as partes.

O que mais se pode fazer?

 Outra dica é fazer contato com empresas, escolas e instituições, oferecendo seu trabalho por um valor exclusivo e diferenciado. Ofereça palestras gratuitas sobre temas de interesse geral das pessoas destas entidades, e lembre-se que nenhum marketing profissional é mais eficiente e ético do que mostrar a pessoa que você é, através de das suas posturas de vida, sua coerência, sua vontade e seu empenho para realizar um bom trabalho. Lembre-se de sempre associar o seu nome às práticas reconhecidas pela psicologia no Brasil.

Tenha orgulho da sua profissão

 Nossa profissão já foi muito desvalorizada, mas hoje o panorama mudou!
O psicólogo é considerado atualmente um profissional essencial em muitos segmentos da sociedade. Portanto, exerça sua profissão com orgulho e qualifique-se sempre para oferecer um serviço de qualidade com segurança e assertividade.
E conte sempre com o Ciclo CEAP para isso!
Luciana Lemos
Artigo anteriorPróximo artigo