Hipnoterapia Cognitiva no Transtorno do Pânico – Intervenção na prática clínica
1 de abril de 2020
Equilíbrio Emocional do Psicólogo
Equilíbrio Emocional do Psicólogo
8 de abril de 2020
Exibir tudo

Como ajudar as pessoas que estão com sintomas de ansiedade neste período de isolamento?

Primeiramente é necessário que o psicólogo se prepare para atender de forma online, se ainda não o faz.  Para isto existem várias ferramentas de comunicação que podem ser usadas.

É muito importante assegurar o paciente sobre a segurança e sigilo do atendimento, porque no consultório ele se sente acolhido e com privacidade, o que pode não acontecer no ambiente online. Tente reproduzir o acolhimento presencial no atendimento virtual, em todos os aspectos possíveis. Mostre de onde você está atendendo, gire a câmera para que seu paciente veja a porta fechada, e a ausência de outras pessoas no ambiente. Mesmo que você saiba que ele confia em você, isto fará bem a ele e fortalecerá a relação terapêutica.

A ansiedade está sendo a principal queixa neste período em que as pessoas estão experimentando uma situação inédita e inesperada. É desafiador manter a serenidade e o equilíbrio emocional frente a tantas incertezas que ameaçam bens preciosos como a saúde e a estabilidade financeira.

Porém, a ansiedade só agrava o problema, e combatê-la é responsabilidade dos psicólogos, que devem procurar ferramentas para ajudar seus pacientes e a sociedade como um todo.

Existem muitas formas de ajudar as pessoas neste momento.

A Hipnose terapêutica é uma delas, e eu recomendo especialmente esta ferramenta, porque conheço de perto a sua eficácia.

A Hipnose é um estado neurológico modificado, de atenção e foco absoluto, que provoca um relaxamento muito profundo, em estado completo de consciência. Através dela, consegue-se a vivificação de memórias e imagens mentais favoráveis ao controle e enfrentamento de situações estressantes e medos.

A Hipnose foi autorizada para ser utilizada no contexto psicoterapêutico pelo CFP desde o ano 2000, através da Resolução 13/2000.

Saber usar a Hipnose corretamente é essencial para que ela tenha os efeitos desejados.

Ela não é para ser usada descontextualizada do processo terapêutico, mas como uma ferramenta potencializadora. Principalmente em situações de emergência e crise ela é especialmente importante.

Neste momento, é importante também que o psicólogo cuide de sua própria estabilidade emocional e sua autorregulação para que ele possa ajudar o maior número de pessoas possível.

Nós psicólogos não podemos esquecer nossa humanidade, nossas fragilidades e saber equilibrar ajuda ao outro com auto ajuda.

Temos muito trabalho neste momento!

Serenidade e foco!

Mãos à obra!

Luciana Lemos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *