ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL E MERCADO DE TRABALHO PARA O PSICÓLOGO
E-book – Orientação Profissional
29 de maio de 2019
Indicação de dois livros para os processos de MUDANÇA
Indicação de dois livros para os processos de MUDANÇA
26 de junho de 2019
Exibir tudo

Indicação de livro: O DRAMA DA CRIANÇA BEM DOTADA

Indicação de livro: O DRAMA DA CRIANÇA BEM DOTADA

Indicação de livro: O DRAMA DA CRIANÇA BEM DOTADA“…A pessoa que conscientemente trabalhou toda a tragédia de seu destino reconhecerá mais fácil e rapidamente o sofrimento do outro, mesmo que este ainda precise tentar escondê-lo.” Alice Miller

Precisamos estar atentos à importância do auto cuidado na relação de ajuda.

A ajuda eficaz somente ocorre depois de encaramos conscientemente as nossas histórias e aceitá-las, tal como elas aconteceram.

Este é um processo de profunda entrega e reconexão com a vida. E é um caminho que poucos estão dispostos a percorrer, pois emerge dores e responsabilidades.

Abandonar a ilusão tem seu preço, pois ela promove tanto como um amortecimento da dor quanto nos dá o direito de sermos especiais.

Como camaleão fingimos que está tudo bem e por nos sentirmos especiais cobramos inúmeros direitos dos outros. Experimentamos o “eu tenho direito, eu mereço, eu posso e etc.”.

Agora imagina tudo isso acontecendo dentro de um setting terapêutico

Fica fácil perceber as projeções nas histórias e realidades alheias. Além disso, o que não irá acontecer é a ajuda, uma vez que ambos estão de mãos dadas com suas dores e exigências.

Pode-se ainda agravar o contexto do cliente/paciente somando mais e mais ilusões.

Bert Hellinger nos ensina que somente entregamos ao outro o que temos

Parece óbvio, mas dentro do contexto de ajuda, isso não acontece antes de tomarmos nossos pais da forma como a vida chegou até nós. Passo imprescindível e sem ele não conseguimos ir para os seguintes.

O auto cuidado é a essência da boa relação de ajuda. Encarar a nós mesmos nos deixa humanamente preparados para auxiliar o outro de forma eficaz. E paradoxalmente, menor será a intervenção realizada. Ou seja, menor intervenção e maior ganho terapêutico.

O livro O Drama da Criança Bem Dotada da Alice Miller, que abre este texto, revela a necessidade de trabalharmos a nossa história e nos libertamos para a vida.

Este movimento não cessa, ele é contínuo e crescente por quanto estivermos disponíveis a novas percepções.

 

Andréia Castagna Ferreira

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *