O carnaval e a importância dos ritos
28 de fevereiro de 2014
Terapia cognitiva contra depressão
13 de março de 2014
Exibir tudo

Para as mulheres de todos os tempos e lugares

O Poder e as mulheres

As mulheres já foram poderosas.

Eram deusas.

Deusas e donas da vida.

De sua entranha, por magia tamanha,

um novo ser surgia.

O porquê, ninguém sabia.

Maravilha inexplicável, ventre divino.

Milagre e presente de um ser maior,

naturalmente feminino.

É deusa. Gera a vida.

O homem a reverencia.

Reconhece a supremacia.

Do ser sagrado é guarida.

O macho da espécie é vassalo.

Sociedade incipiente, no trono, sem conquistá-lo,

mulheres reinam por direito divino.

Em longo pontificado,

soberanas do legítimo matriarcado.

Depois,  mudança radical

Nova ordem social

Mulher transformada

em nada.

Antes dominado,

o masculino se impõe,

Intui sua função  na criação da vida.

Rebanho de fêmeas não dava cria.

Participou da gestação.

Também é mago, tem poder,

poder e força.

De mais valia, força e ousadia.

Mulher sábia tem parte com o diabo.

É preciso dar-lhe cabo.

De qualquer maneira.

É bruxa!

Queima na fogueira!

Séculos. Milênios. Eras de dominação.

Século XXI, muitas delas ainda são:

Mulheres escravas.

Mulheres exploradas.

Mulheres mal renumeradas.

Cerceadas, humilhadas, discriminadas.

Traficadas.

Assassinadas.

Século XXI, mulheres acordando.

Brilha no alto um farol.

Mulheres caminhando na direção do sol.

Lado a lado,

nesse traslado

nem senhora nem escrava.

Não fica inerte, desbrava

trilhas desconhecidas num mundo de gente igual

buscando o mesmo  ideal.

 

 

Marilene Guzella Martins Lemos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *