casamento
Não precisa casar. Sozinho é melhor – Entrevista: Flávio Gikovate
14 de julho de 2022
psicologia juridica
Conciliadores e Mediadores: Um Promissor Mercado de Trabalho
18 de julho de 2022
Exibir tudo

Reconhecimento da Hipnose como instrumento psicológico

Reconhecimento da Hipnose como instrumento psicológico

Na psicoterapia, a hipnose utiliza o estado de relaxamento profundo para atingir mudanças na percepção e na memória, para o controle de várias funções fisiológicas, normalmente involuntárias. Além disso, o estado hipnótico permite a exploração de pensamentos negativos dolorosos, sentimentos e memórias bastante profundos e a percepção vívida de emoções mais intensas, aguçando os sentidos. Suas aplicações englobam uma série de distúrbios e patologias, como transtornos de ansiedade, controle da dor, depressão e insônia.

Os processos produzidos pela hipnose são mentais, portanto os profissionais habilitados primeiramente são psicólogos e psiquiatras. A hipnose sozinha como técnica não traz resultados duradouros, ela é efêmera. Precisa de uma base e suporte psicológico para sua efetividade em clínica.

É importante salientar que hipnose por si só não cura nada, porém é uma excelente ferramenta coadjuvante e poderoso instrumento para os psicólogos na prática clínica.

Reconhecimento da Hipnose como instrumento psicológico

Hoje o CFP, Conselho Federal de Psicologia autoriza os psicólogos através da Resolução 13/2000 a utilizarem a hipnose para fins terapêuticos. As técnicas podem ser aprendidas através da preparação em cursos de formação idôneos.

Situações em que a Hipnose pode ser utilizada com sucesso

O processo de Hipnose, em função do relaxamento profundo produzido, é altamente eficaz no tratamento dos sintomas do estresse, modulando as respostas inatas de medo, reduzindo abruptamente os sinais autonômicos irracionais de fuga, dando ao paciente a capacidade de pensar, decidir e escolher melhores caminhos. Resulta em mais tolerância, calma, paciência, reduzindo assim a raiva, a irritabilidade e a impulsividade. Tem trazido também excelentes resultados no tratamento de transtornos alimentares e controle de dietas, reduzindo a compulsão e a gula.

Outras aplicações com resultados muito significativos são observadas nos transtornos de ansiedade, depressão, bipolaridade, transtornos alimentares, técnicas com crianças, tratamento das inadequações sexuais, pré natal em grupo para gestantes, tratamento da insônia e privação de sono, tratamento dos sintomas da TPM, tratamento das fobias da dependência química e tabagismo.

Hoje os profissionais precisam se acercar de ferramentas integrativas para potencializar as intervenções terapêuticas e a Hipnose em clínica caracteriza-se como um dos mais importantessegundo as pesquisas no MedLINE e PUBmed.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.